MATERIA

"Bispa Sonia responde: O que nos impede de frutificar?

 

Na tarde deste sábado (13), aconteceu a reunião mensal do projeto +QV (Mais que Vencedoras). Com transmissão ao vivo para todas as sedes estaduais da Igreja Renascer em Cristo, o evento foi realizado no Renascer Hall e reuniu milhares de mulheres.

 

Depois de tirar as dúvidas da participantes do ministério, Bispa Sonia Hernandes apresentou um vídeo emocionante e inspirador, leu a passagem bíblica de Salmos 1.1 a 3 e ministrou com base no tema “A Quebra da Esterilidade”.

 

A fundadora do +QV começou explicando que, muitas vezes, na Palavra de Deus, as árvores representam, figurativamente, os próprios seres humanos.

 

"Na Palavra, está escrito que aquele que não anda segundo o conselho dos ímpios, tem o seu prazer na lei do Senhor e medita nela de dia e de noite será como a árvore plantada junto ao ribeiro de águas, que dá frutos na sua própria estação", afirmou ela.

 

"A árvore precisa, basicamente, de duas coisas para sobreviver: água e luz. Quem é a nossa luz? Jesus Cristo. E a nossa água? Jesus Cristo. Precisamos ter mais comunhão com Ele", disse.

 

"Precisamos mais de Palavra de Deus nas nossas vidas, porque Jesus é o verbo que se fez carne. Precisamos de Jesus para crescermos, florescermos e frutificarmos. Precisamos d'Ele para superarmos as dificuldades e permanecermos inabaláveis. Na Palavra, Ele se refere a uma árvore bonita, vistosa, mas que não dá frutos para Deus. Não dar frutos e como ter uma vida sem propósitos. Nós fomos criadas para produzir para o Senhor!", conscientizou.

 

"Na sequência, a Bispa destacou, com base nas passagens bíblicas de Marcos 11.12 a 16 e 20, Lucas 13.6 a 9 e João 15.2 a 4, as características e situações que nos impedem de frutificar. Veja, a seguir, quais são elas:

 

- Falta de poda;

"É uma árvore que acaba ficando sufocada. Ela fica totalmente comprometida de impurezas e ervas daninhas", explicou.

 

- Falta de uma alimentação adequada;

"Pessoas assim são infantis na fé, porque não se alimentam como deviam. Não querem se desenvolver, não querem evoluir. É linda, bonita, mas não aceita o adubo. Não quer se comprometer com sua saúde espiritual e com aquele que a criou", enfatizou.

 

- Não reconhecer o lugar em que está e aquilo que tem;

"Para pessoas assim, nada está bom! Vivem de mau humor e insatisfeitas. Pessoas assim não têm disposição para frutificar.

"Quando buscamos frutificar para o Senhor em vez de frutificarmos só para nós, quebramos a esterilidade de nossas vidas", disse.

 

- Não ter raízes;

"São pessoas que não sabem andar em aliança, que não têm liga com o Criador. Queridas, sem o Senhor, nada podemos fazer!", afirmou.

 

- Não sobreviver às queimadas;

"Como as árvores sobrevivem às queimadas? Ficando mais resistentes por dentro e por fora! São cascas grossas! Elas sempre encontram um caminho para o seu desenvolvimento. Tiram forças de suas raízes, que são profundas! Deus não criou mulheres fracas. Não há tentação que não possamos suportar. Para superar as dificuldades, precisamos fortalecer nossa raíz em Jesus!", declarou.

 

- Quando muitas outras são plantadas ao seu redor, e ela fica "abafada", escondida;

"Saia da mesmice. Saia da sua zona de conforto! É tempo de crescer!", aconselhou.

 

- Não suportar as enchentes;

"Você vai sobreviver às loucuras deste tempo, porque sua raiz será profunda!", profetizou.

 

- Não resistir aos tempos de seca, de deserto;

"Não entregue os pontos! O deserto não é o seu destino, é apenas uma passagem! As águas do Espírito Santo vão te invadir e te renovar!", afirmou.

 

- Envelhecimento.

"São pessoas que só vivem do passado, que pararam no tempo. Sabe, queridas, ainda dá tempo de se reerguer. Para sair desta situação, as árvores passam pelo processo de anelamento. Queridas, a nossa aliança com Deus nos renova e nos restaura", disse.

"Outro fator que tornam as árvores envelhecidas e secas são as pestes e as pragas! O Senhor vai te livrar do que veio para te destruir", acrescentou.

 

"Hoje, o Senhor inicia um novo tempo na sua vida, toda a esterilidade será quebrada, e você vai gerar frutos dignos de vida eterna", conclui.

 

No final da ministração, houve um mover de cura, milagres e libertações, mostrando que, para Deus, não existem situações irreversíveis.

 

Todos os direitos reservados - 2017 | Ano Apostólico de Samuel - Rede Gospel de Televisão

É proibida a reprodução total ou parcial deste Web Site, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.