NOTÍCIAS

"Espere naquele que prometeu!"

Respeitando normas do decreto municipal Nº 59.349, a Renascer em Cristo retomou suas atividades presenciais, com máximo de 30% de sua capacidade; uso obrigatório de máscara; álcool gel disponível; distanciamento social e restrição ao grupo de risco.

Para que todos fossem ministrados, os cultos deste domingo (14) também foram transmitidos pela Rede Gospel de Televisão e via Facebook e YouTube.

As palavras foram ministradas pelo Apóstolo Estevam Hernandes e pela Bispa Sonia Hernandes, com base no tema “A Entrega. Acompanhe, a seguir, o resumo:

Gênesis 22.1 a 19: “Depois dessas coisas, pôs Deus Abraão à prova e lhe disse: Abraão! Este lhe respondeu: Eis-me aqui! Acrescentou Deus: Toma teu filho, teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá; oferece-o ali em holocausto, sobre um dos montes, que eu te mostrarei. Levantou-se, pois, Abraão de madrugada e, tendo preparado o seu jumento, tomou consigo dois dos seus servos e a Isaque, seu filho; rachou lenha para o holocausto e foi para o lugar que Deus lhe havia indicado. Ao terceiro dia, erguendo Abraão os olhos, viu o lugar de longe.

Então, disse a seus servos: Esperai aqui, com o jumento; eu e o rapaz iremos até lá e, havendo adorado, voltaremos para junto de vós. Tomou Abraão a lenha do holocausto e a colocou sobre Isaque, seu filho; ele, porém, levava nas mãos o fogo e o cutelo. Assim, caminhavam ambos juntos. Quando Isaque disse a Abraão, seu pai: Meu pai! Respondeu Abraão: Eis-me aqui, meu filho! Perguntou-lhe Isaque: Eis o fogo e a lenha, mas onde está o cordeiro para o holocausto? Respondeu Abraão: Deus proverá para si, meu filho, o cordeiro para o holocausto; e seguiam ambos juntos.

Chegaram ao lugar que Deus lhe havia designado; ali edificou Abraão um altar, sobre ele dispôs a lenha, amarrou Isaque, seu filho, e o deitou no altar, em cima da lenha; e, estendendo a mão, tomou o cutelo para imolar o filho. Mas do céu lhe bradou o Anjo do Senhor: Abraão! Abraão! Ele respondeu: Eis-me aqui! Então, lhe disse: Não estendas a mão sobre o rapaz e nada lhe faças; pois agora sei que temes a Deus, porquanto não me negaste o filho, o teu único filho. Tendo Abraão erguido os olhos, viu atrás de si um carneiro preso pelos chifres entre os arbustos; tomou Abraão o carneiro e o ofereceu em holocausto, em lugar de seu filho.

E pôs Abraão por nome àquele lugar — O Senhor Proverá. Daí dizer-se até ao dia de hoje: No monte do Senhor se proverá. Então, do céu bradou pela segunda vez o Anjo do Senhor a Abraão e disse: Jurei, por mim mesmo, diz o Senhor, porquanto fizeste isso e não me negaste o teu único filho, que deveras te abençoarei e certamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus e como a areia na praia do mar; a tua descendência possuirá a cidade dos seus inimigos, nela serão benditas todas as nações da terra, porquanto obedeceste à minha voz. Então, voltou Abraão aos seus servos, e, juntos, foram para Berseba, onde fixou residência.”

Abraão esperou por volta de 45 anos o cumprimento da promessa de que teria um filho. Foi um período marado por incertezas e dificuldades. Mas, em vez de desistir, apesar das circunstâncias, creu contra a esperança!

Romanos 4.18: “Abraão, esperando contra a esperança, creu, para vir a ser pai de muitas nações, segundo lhe fora dito: Assim será a tua descendência.”

Abraão e Sara receberam, de fato, a promessa! Isaque nasceu! Depois de alguns anos, o Senhor o pediu. E detalhe: era o único que aquele casal tinha! Mesmo assim, Abraão se dispôs a fazer aquele sacrifício, que, no final, não foi necessário.

Precisamos ter consciência de que o nosso relacionamento com o Senhor passa pela entrega. Por quê:

1- Para que não tenhamos ídolos

Êxodo 20.3: “Não terás outros deuses diante de mim.”

A bênção nunca pode ser mais importante que o Criador! Não permita que nada roube o lugar de Deus na sua vida!

Quando há um desvio da nossa adoração, deixamos de viver os planos do Senhor!

Mateus 6.33: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”

Lembre-se de que o que não podemos entregar a Deus não podemos ter!

2- Para deixarmos o passado definitivamente para trás

1 Reis 19.20: “Então, deixou este os bois, correu após Elias e disse: Deixa-me beijar a meu pai e a minha mãe e, então, te seguirei. Elias respondeu-lhe: Vai e volta; pois já sabes o que fiz contigo.”

Entregar significa, por amor a Deus, cortar todos os laços com o passado!

3- Para vivermos as promessas

O intervalo entre a promessa e o seu cumprimento requer um preparo!

Gênesis 22.16 e 17: “e disse: Jurei, por mim mesmo, diz o Senhor, porquanto fizeste isso e não me negaste o teu único filho, que deveras te abençoarei e certamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus e como a areia na praia do mar; a tua descendência possuirá a cidade dos seus inimigos.”

Se Abraão retivesse Isaque, comprometeria para sempre o futuro daquela família.

Aquela disposição entregá-lo o habilitou a viver as promessas: Ser pai de nações! O Senhor tinha muito mais para ambos!

Quando não temos limites para viver os planos de Deus, as promessas d’Ele se cumprem!

Lembre-se de que os frutos sempre serão maiores do que as sementes! As promessas passaram de geração para geração até chegarem a nós!

Josué 21.45: “Nenhuma promessa falhou de todas as boas palavras que o Senhor falara à casa de Israel; tudo se cumpriu. “

Salmos 37.4: Agrada-te do Senhor, e ele satisfará os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará. Fará sobressair a tua justiça como a luz e o teu direito, como o sol ao meio-dia.”

Nenhuma das promessas de Deus deixará de se cumprir!

Acompanhe, no vídeo abaixo, o culto na íntegra:


Redação

24 visualizações

INSCREVA-SE

E FIQUE POR DENTRO

© 2020 | Rede Gospel de Televisão

 

Fale Conosco

(11) 3207.5327

Av. Lins de Vasconcelos, 1410

Cambuci, São Paulo - SP

#ONDE

VOCÊ

ESTIVER

  • Home
  • Youtube
  • Instagram
  • Facebook
  • Rágio Gospel FM
  • Renascer em Cristo